domingo, 25 de novembro de 2007

Seu misericordioso olhar sobre esta alma rendida

namo deva! damodarananta visno!

prasida prabho! duhkha-jalabdhi-magnam

krpa-drsti-vrstyati-dinam batanu

grhanesa! mam ajñam edhy aksi-drsyah (6)



Reverências a Você, ó Deva! Ó Bhakta-Vatsala Damodara! Ó Ananta, que é dotado com potências ilimitadas! Ó todo-penetrante Visnu! Ó meu mestre! Ó Isa supremamente independente! Fique satisfeito comigo! Estou mergulhando num oceano profundo de sofrimento – ajude-me por derramar a chuva de Seu misericordioso olhar sobre esta alma rendida que está tão lamentavelmente caída e conceda-me Se darsana direto.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget